CILINDRO HIDRÁULICO TIRANTADO
F32

3.2

CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS
Flexibilidade de montagem - A possibilidade de opção entre diversas posições das conexões oferece maior flexibilidade na montagem dos cilindros. As tampas da maioria dos tipos de montagem podem ser independentemente giradas em intervalos de 90°, para qualquer posição.

Pressão de trabalho - Os cilindros compactos JIC (Joint Industry Conference) são de construção sólida, podendo ser indicados para trabalhar com segurança em pressões de até 140 bar. Os rigorosos testes a que foram submetidos os componentes dos cilindros resultam no máximo de força disponível para um mínimo de espaço.

Haste cromada - As hastes são feitas de aço carbono de alta resistência, suportando uma tensão de mais de 5.000 kg/cm. A superfície é revestida de cromo duro, resitente à corrosão, que oferece proteção máxima contra a oxidação, arranhões e eventuais abusos. Após a cromeação, as hastes são submetidas a polimento.

Tubo sem costura de parede grossa - Oferecem maior resistência e rigidez. Brunidos com precisão, apresentam uma superfície interna altamente polida, minimizando o desgaste por atrito. As tolerâncias rígidas na usinagem asseguram apoio firme ao pistão.

Tirantes de aço de alta resistência - Permitem o pré-tensionamento na montagem do cilindro, para impedir a separação das tampas sob picos de pressão.

Bucha de bronze removível tipo cartucho - Feitas de bronze de alta

qualidade com acabamento de precisão, para oferecer área de contato plena, resultando em perfeita centralização da haste do pistão.

Limpador de haste - Feito de polypack, remove matérias estranhas presentes na haste durante a retração. prolongando a vida útil do retentor interno.

Retentor de haste - Do tipo autocompensador, feito de polypack altamente resistente à abrasão, para maior durabilidade de vedação.

Tampas ou cabeçotes terminais - De aço laminado, usinados com precisão, asseguram resistência máxima. Seu formato quadrado minimiza o espaço necessário para a montagem. Os cabeçotes pivotados são feitos de chapas laminadas, de grande resistência.

Pistão - A construção do conjunto do pistão assegura o máximo de resistência com um mínimo de peças móveis. O pistão é feito de ferro fundido cinzento de alto carbono, sendo roscado e colado na haste com cola de auto-torque.

Encaixe para chaves de boca - Duas faces planas são usinadas na haste para permitir o encaixe de uma chave de boca, facilitando a montagem e desmontagem do conjunto do pistão. Normalmente, são feitas duas faces para este fim, porém, opcionalmente, estas podem ser quatro.

Anéis do pistão - Anéis metálicos de vedação, no pistão, são opcionais. Foram projetados para grande durabilidade e altas temperaturas, sendo recomendados para aplicações

de alta velocidade. Para renteção de cargas e prevenção de vazamentos, recomenda-se os anéis de vedação tipo "DP", providos de um anel expansor e duas fitas guias.

Amortecedor - É fornecido como característica opcional, sempre que se tornar necessária ação amortecedora no final do curso de retração. Veja mais adiante o seu funcionamento.

Anel amortecedor flutuante - Reduz o desgaste da bucha e do próprio retentor da haste, proprocionando ação amortecedora ajustável no final do curso de avanço. Veja seu funcionamento mais adiante.

Conexões - As conexões são dimensionadas para manter a velocidade, a força e a queda de pressão dentro dos limites desejáveis para as velocidades máximas recomendadas do óleo.

Respiros - Do tipo esfera-e-parafuso, são opcionais em todos os cilindros, O tubo pode ser girado para que os respiros fiquem voltados para cima, seja qual for a posição da montagem.

Vedação do tubo - São usados dois tipos. Para os cilindros de diâmetro até 2 1/2", usa-se um retentor de borracha, de secção quadrada. Acima deste diâmetro, usa-se anéis "O", com anéis de encosto. Como os anéis são encaixados nas tampas, as extremidades do cilindro ficam sempre em esquadro.

Flange de fixação - Esta peça varia conforme o estilo de montagem, estabelecendo limites de pressão conforme aplicação.